segunda-feira, 21 de maio de 2007

A Ponte Submersa

Não tenho vindo aqui porque tenho andando submerso na escrita do meu novo livro, um C.S.I. português, que vou lançar nos primeiros dias de julho- A Ponte Submersa.

6 comentários:

rotten_apple disse...

Caro Manuel,
Fico contente porque o encontrei neste mundo dos blogues.
Eu sou a Joana, que esteve no lançamento do seu livro, no Fundão. Uma rapariga assim de muleta. Amiga do Zé Luís Peixoto.
Em breve, hei-de adicionar o seu blogue aos meus favoritos, se não se importa.
Abraço.

Leonel disse...

Olá Manuel.
Já percebi que anda ocupado com a escrita portanto quando tiver tempo para uma entrevista diga-me qualquer coisa.
leoneldejesus@gmail.com
É para a Umbigo Magazine.

disse...

Boa tarde!
Antes de mais,parabéns pelo blog!
Ainda por cima com um tema ligado ao dia-a-dia da maioria de nós!

Convido-o agora a visitar também a acrescentar o meu link à vossa barra de links laterais:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Obrigado!

Luis disse...

O senhor não faz ideia do que é ser militar da GNR. Convido-o a visitar uma unidade da GNR e acompanhar os militares no serviço. A GNR têm 25 mil homens e mulheres, como em todo o lado existem ovelhas negras, agora o senhor não é mais honesto que eu de certeza absoluta...

antijumento disse...

Lamentável! Admira-me o Sr. não escrever um livro sobre as personagens intervenientes no filme Casa Pia! Admira-me o Sr. não dizer que os apresentadores de televisão, os médicos, etc. são nojentos, criminosos, ganham milhões sem fazer a ponta de um corno para terem tempo de fazer as barbaridades que foram feitas na Casa Pia...
Dei o exemplo Casa Pia como poderia dar qualquer outro.
Mas já agora, qual a razão pela qual o senhor não tomou uma posição relativamente ao filme Casa Pia? Medo? Medo como quando fugiu do país há anos anitos atrás sem ninguém o perseguir? Ou, ???

Bruno disse...

olá.
li o adeusamália e fiquei maravilhado.depois li o jesus e encontrei nele um dos meus livros preferidos (tb já li o ambulância e o tanatoperador).
infelizmente na parvónia de braga onde habito é dificil encontrar os seus livros.por isso ainda ando à procura do sol (os outros são ainda mais impossíveis).
já comecei a ler a ponte e fiquei extremamente contente por ter um bolg e por conseguir contactar consigo. os meus planos de ir chatear o cesarinny e o carlos paredes ficaram-se pelo caminho pelas razões óbvias por isso já estive para ir tocar a todas as portas de alfama (mas sou um teso e ir a lisboa fica caro). se vier para braga tomar uns copos avise.

quando ler o livro todo opinarei.

bruno viana